Skip to content

Como Poupar em Casa

A suas despesas mensais estão acima das possibilidades? Tranquilize-se! Há várias formas de contornar a situação. 

É possível poupar muitos euros em casa, apenas com a alteração de alguns hábitos domésticos. Reduzir o consumo da eletricidade e da água, evitar desperdícios ou fazer gastos supérfluos são o básico, mas há mais.

Damos-lhe todas as dicas de Como Poupar em Casa no nosso novo artigo de blog. Venha daí connosco!

8 dicas para otimizar custos domésticos


» Liste todas as Despesas Mensais 

Faça uma lista de todas as despesas que costuma ter mensalmente, não só as fixas como também as variáveis. Assim, conseguirá ter uma melhor perceção daquilo que vai gastar e o que gastou, e em que áreas conseguirá poupar no futuro. Será também importante determinar um budget, ou seja, um valor que não deverá ultrapassar.

» Economize Água

A escassez da água no mundo é um tema que deveria preocupar-nos a todos, nesse sentido, já é um argumento de peso no que toca à poupança deste recurso. De qualquer forma, se pretende reduzir a sua conta mensal, evite hábitos como banhos longos ou deixar a torneira aberta sem necessidade (enquanto escova os dentes, por exemplo).

» Poupe na Eletricidade 

O uso de lâmpadas económicas (LED), o não deixar os aparelhos em stand-by, o acender as luzes apenas na divisão onde está, o aproveitar ao máximo a luz solar, a utilização de eletrodomésticos com o escalão máximo de certificação energética são alguns dos hábitos domésticos que vão, certamente, reduzir a sua fatura da luz. Pense nisso!

» Evite o Desperdício 

De água, de eletricidade, de alimentos… Esta é das dicas mais importantes no que toca à poupança! Verifique o que tem em casa, planeie as suas refeições (com as quantidades certas para o agregado familiar) e (jamais!) deixe estragar alimentos.

» Compare Preços

Estar atento onde se praticam os melhores preços é uma excelente prática de poupança! Tanto em artigos de supermercado como em todas as outras áreas: seguros, eletricidade, etc. Renegocie regularmente os seus contratos e, claro, esteja atento a descontos especiais e promoções. 

» Abdique de Gastos Supérfluos 

Neste ponto, é muito simples: cinja-se ao essencial! Evite gastos supérfluos como tomar o pequeno-almoço fora diariamente ou ir em família a um restaurante caro. Precisa mesmo daqueles sapatos? Questione-se sempre da real necessidade de determinado artigo antes de comprar.

» Recicle 

Tem um sofá cujo tecido está danificado? Mande-o forrar. Um eletrodoméstico avariado? Tente consertá-lo. Um móvel antigo? Restaure-o e dê-lhe outra vida. Aqui, a ideia é reaproveitar todos os objetos ou materiais que possam ser reutilizados para outra finalidade. 

» Coloque dinheiro de parte todos os meses

Dentro do orçamento mensal, determine um valor mensal para colocar de lado. Mesmo que sejam apenas € 20,  ao final de vários meses já poderá fazer a diferença. Poderá programar transferências automáticas com a quantia que pretende pôr de parte.

Veja a poupança como um encargo regular e como um investimento pessoal e assuma este compromisso, sem desculpas. Boas poupanças!